segunda-feira, dezembro 13, 2010


Salas

Salas

A casa inteira pede nossa atenção, mas quando falamos em dificuldade em distribuir os móveis, nada se compara ao caso das salas. Ela é nosso cartão de visitas, por isso nos sentimos tão inseguros quando começamos a pensar neste ambiente. Além disso, muitos dos apartamentos de padrão médio nos surpreendem com a temida sala em L... A sala em L, proporciona a criação de dois ambientes em um, mas como acertar nessa distribuição?
como a área de circulação é bem preservada tanto entre os ambientes quanto entre os móveis. Claro que, no caso ilustrado, houve espaço suficiente para colocar três ambientes em um só: sala de estar, sala de jantar e área de TV. Em espaços com menos de 25 m² você conseguirá colocar dois ambientes (normalmente a sala de jantar e a de estar com TV). Para evitar que os móveis atrapalhem o trânsito, lembre-se do seguinte: quando houver mesa de centro, ela deve ficar 60 cm distante do sofá. Entre as cadeiras da sala de jantar e um possível aparador, nunca deixe menos do que 60 cm. TV grande é o seu sonho? Cuidado: há uma distância mínima de 3 metros recomendada entre a TV de 40 polegadas, por exemplo, e o sofá – menos do que isso, a visualização das imagens ficará comprometida.
Sala retangular
Aqui, a distribuição é mais fácil. Dependendo de seu tamanho, ela poderá ser totalmente ocupada pela sala de estar. Se ela for grande ou bem comprida, poderá acolher a de estar e a de jantar – uma em cada canto. Caso você queria romper com o tradicional, pode ainda se dar ao luxo de colocar o sofá em diagonal. Isso quebra as linhas retas da arquitetura e preenche o espaço de uma forma pouco convencional, mas, saiba, isso implica em usar menos móveis. Um tapete pode delimitar a área da sala de estar - e, para isso, ele precisa ser grande o suficiente para estar embaixo de todos os móveis.
http://casa.abril.com.br/curso-decoracao/aula2.shtml

Sala de estar

É importante que a decoração da sala, e da casa como um todo, reflita seu estilo de vida. Se você gosta de receber amigos, precisará de lugar para acomodá-los. Se a convivência familiar é mais importante, imagine como vocês se sentirão confortáveis no dia-a-dia. “No lugar do conjunto de estofados, quatro poltronas e uma mesa de centro podem ficar ótimos. Mas isso só cabe numa decoração descontraída”, observa a arquiteta Carolina Wambier.
Qual o tamanho de sua sala?
Se ela é ampla, evite encostar os sofás nas paredes. Nos espaços pequenos, em vez de ter um segundo sofá, é melhor completar o ambiente com poltronas, cadeiras e pufes. “Graças à tendência dos espaços menos formais, ficou mais fácil compor as áreas reduzidas”, considera o arquiteto Ricardo Miura. Para o arquiteto Ricardo Minelli, essa mistura valoriza a decoração. “O resultado deixa as pessoas mais à vontade.” Lembre-se de que é melhor ter apenas o essencial, e não móveis em excesso. Se faltam centímetros para uma mesa de centro grande, prefira uma estreita ou opte por ter apenas a mesa lateral. Quem tem dificuldade de visualizar o espaço que um novo móvel ocupará pode marcar a área dele no piso com fita crepe. “Agrupar caixas de papelão no local ajuda a simular o volume da peça”, diz Miura.
Qual a altura do pé-direito?
O encosto do sofá deve ocupar, no máximo, um terço da altura do pé-direito. Se a distância entre o teto e o piso ultrapassa os 2,60 m, você pode optar por móveis mais volumosos. Quando o pé-direito é inferior a isso, escolha peças baixas para garantir a harmonia. “Sofá centralizado na parede pede um vão mínimo de 80 cm de cada lado para mesinhas. Nas salas em L, junte os braços dos sofás e coloque a mesa lateral no meio”, sugere Carolina Wambier.
http://www.triedro.com.br/site_novo/dicas_proporcao.htm 

Há espaço para uma sala de TV?

Há espaço para uma sala de TV?
Prefira um único ambiente amplo, do que dois apertados. “Assim, em vez de criar uma sala de TV separada com sofá de 1,60 m de largura, traga o aparelho para o living e tenha um estofado de 2,20 m”, opina Minelli. Uma boa referência é manter um mínimo de 60 cm de circulação entre os móveis da sala.
Qual o móvel mais importante para você: sofá ou estante?
Quem aprecia os equipamentos e promove sessões de vídeo deveria reservar a maior parede da sala para a estante. Caso a prioridade seja um sofá que acomode toda a família, então é ele que deve ficar na parede principal. Outros critérios, entretanto, também precisam ser levados em conta. Quando a vista é bonita, por exemplo, vale a pena posicionar o sofá voltado para a janela.
Pretende trocar os equipamentos eletrônicos?
Essa informação deve ser considerada na compra ou encomenda da estante. Se quiser adquirir aparelhagem maior no futuro, verifique no projeto da estante se os nichos e as prateleiras têm medidas apropriadas. Em ambientes íntimos, as peças podem preencher mais o espaço, pois os vãos de passagem tendem a ser menores. Mas, se o quarto será usado por crianças ou adolescentes e o tamanho é reduzido, uma boa saída é colocar todos os móveis junto às paredes e liberar o meio do ambiente para brinquedos e circulação
http://www.triedro.com.br/site_novo/dicas_proporcao.htm 

Sala de Jantar

É um ambiente social em que nos reunimos não só para as refeições do dia a dia, quando não se dispõe de uma sala de almoço ou uma mesa na cozinha, mas também, para a vivência de momentos especiais em que refeição e boa companhia se completam para transformar em um momento magnífico e inesquecível às nossas mentes.Diante desta situação para esta sala, por questão de praticidade, é conveniente que esteja próxima à cozinha.
Até mesmo encontramos hoje sua integração com a cozinha dando origem ao chamado espaço gourmet tão comum nas revistas de decoração. No entanto, a adoção do espaço integrado pode ter suas limitações. Por exemplo, em um espaço pequeno em que as refeições são preparadas em grande quantidade e para várias pessoas diariamente, pode criar uma situação desagradável devido à gordura e cheiro que se espalhará em todos os ambientes da moradia,
Para esta situação pode ser evitada mediante o uso de uma coifa potente com a função de exaustão. Entretanto, o uso da coifa para exaustão prevê a existência de um duto o que nem sempre é possível dependendo da moradia. A melhor possibilidade nestes casos é a existência de uma abertura parcial como a de um passa pratos que pode ser fechado ou quem sabe uma porta que pode ser aberta quando se deseja a integração e fechada para isolamento quando necessário. As portas corrediças de vidro jateado podem ser uma boa opção principalmente levando em conta que permitem a propagação parcial da luz, ao mesmo tempo, que proporcionam um melhor aproveitamento do espaço dependendo da forma como são colocadas. Outro aspecto importante é a iluminação. O ideal, como quase para a maioria dos ambientes da área social e até mesmo para a área íntima, é que se possa criar um clima adequado a situações diferentes. Isto pode ser executado com o uso de luminárias de apoio (Arandelas, abjures, velas, etc) ou até mesmo o uso de dimmer para controle da iluminação.
fonte: http://marcoscesarinteriores.com.br/?p=52

- Qual o formato da sala?
Se o espaço é retangular e estreito, use apenas mesas retangulares ou ovais. Se a sala for retangular e larga, é possível usar esses dois tipos ou ainda uma quadrada. Mesas quadradas e redondas são as mais indicadas para espaços reduzidos ou quadrados, pois favorecem a circulação ao redor. Os corredores de passagem devem ter no mínimo 80 cm.

- Gosta de receber formalmente?
Servir refeições usando jogo de pratos, travessas e copos exige uma mesa espaçosa. Imagine que uma mesa de oito lugares ficará confortável para acomodar seis pessoas. Se isso não é importante, opte por uma mesa menor e, em ocasiões especiais, sirva à moda americana. Um truque muito em voga é encostar a mesa de jantar na parede no dia-a-dia, utilizando-a como aparador. Quando necessário, a mesa é puxada e cadeiras da sala de estar migram para o ambiente de jantar.

-Faz questão de ter um aparador?
Ele mantém a louça à mão e serve de apoio na hora de servir. Para acomodá-lo na sala de jantar, é necessário deixar 1,20 m entre o tampo da mesa e o aparador. Já a distância ideal entre o tampo da mesa e a extremidade do tapete é 70 cm.

- Sensação de amplitude
Algumas características do mobiliário atual, como a horizontalidade, trazem amplitude. Se a área é reduzida, fuja dos móveis volumosos. Peças baixas, porém, devem ser evitadas por pessoas de idade, que terão dificuldade para se levantar. Tirar proveito da iluminação é outro recurso. “A luz direcionada demarca ambientes sem roubar espaço”. Cores claras, espelhos e transparências também ajudam a compor ambientes que parecem maiores;

- Sem aperto na hora de servir
1. Largura para cadeira na mesa de jantar: 60 cm
2. Distância entre a mesa e o aparador ou a parede:
1,20 m (40 cm para afastar a cadeira e mais 80 cm de circulação 















 
 
1

1 Comente Aqui:

Valéria disse...

Olá Kátia, adoro a proposta de mesa de jantar com um sofazinho, acho que podemos pensar nisso para minha sala,vms falar disso...
Beijão

Postar um comentário

Sua visita faz toda a diferença!!!
Se você não tiver blog deixe seu e-mail para que eu possa responder.

Bjs

Káh Lima Romão

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogger templates